quinta-feira, 28 de julho de 2011

Nove dicas para construir uma casa sustentável

Cuidados simples, alguns até já praticados, podem fazer diferença na natureza

Mais que uma realidade, cada vez mais a casa sustentável é uma necessidade. Para ficar no dado: a construção civil é o segmento que mais consome matérias-primas e recursos naturais no mundo, de acordo com o Instituto para o Desenvolvimento da Habitação Ecológica (Idhea). Para ficar no positivo: construções sustentáveis podem reverter o quadro de degradação ambiental e preservar os recursos naturais para gerações futuras.
Em tempos de mudanças climáticas, quanto mais opções que poupem o meio ambiente, melhor. E a maioria das inovações não é cara ou dá retorno financeiro a médio e longo prazo, o que pode sensibilizar bolsos mais resistentes.

Confira abaixo nove dicas para construir uma casa ambientalmente amigável. Na maioria, são cuidados simples, alguns que até já são praticados, que podem fazer diferença na natureza.
1.Como se trata de um mercado em constante renovação, informe-se sempre pela internet e com quem trabalha com esse tipo de material quais são as novas tendências
2.Troque os materiais de construção pelos produzidos com baixo custo ambiental. Por exemplo, tijolo de solo-cimento em lugar do tradicional. Pode custar mais, mas dispensa o acabamento com massa corrida, ou seja, o custo fica zero a zero
3.Isole bem a casa, como forma de aproveitar ao máximo a refrigeração e o aquecimento, evitando desperdício
4.Sistemas de captação de energia solar e de água da chuva são mais complexos de serem instalados, mas dão resultados e retorno do investimento a médio e longo prazo
5.Medidores de consumo de água ajudam a controlar e reduzir o consumo
6.Troque lâmpadas comuns pelas fluorescentes, que consomem menos
7.Em vez de ar-condicionado, use ventiladores de teto. Também servem no frio, para movimentar o ar quente concentrado no alto
8.Algo de baixo trabalho e alto rendimento: plantar árvores. Se forem frutíferas, melhor: você pode consumir a produção e até iniciar sua própria horta
9.Dê preferência a utensílios do lar eletrodomésticos com certificados de que não agridem o meio ambiente, como vassouras feitas a partir de mata desmatada legalmente

Um comentário:

  1. O pessoal que quer construir uma casa "sustentável" tem que ter claro que vão gastar mais... Eu acho que falar em casa sustentável é bonito no papel, mas ainda é um tanto inacessível para a classe média, que em centros urbanos como São Paulo é a mais volumosa.

    De todos modos, começam a surgir "sites de orçamentos" no Brasil que são uma mão na roda. Tem um site chamado Habitissimo que eu usei para reformar a cozinha e me ajudou a economizar e comparar profissionais. Entrei lá, aí expliquei a reforma com detalhes e 4 profissionais independentes entraram em contato me oferecendo propostas distintas (1 eu descartei porque tinha uma avaliação ruim dos usuários). Pra construir casa seria o mesmo, só que ao invés de pedreiro é preciso clicar em Construtores.

    Enfim, boa sorte! hahahaha

    ResponderExcluir